DEVOÇÃO E CORES NO MONTE CASTELO: IGREJA SENHOR DO BONFIM GANHA PELA PRIMEIRA VEZ  TAPETE DE CORPUS CHRISTI 

20 JUN 2019
20 de Junho de 2019

A tradição de construir tapete colorido para celebrar Corpus Christi mudou a rotina da Paróquia Senhor do Bonfim, no bairro Monte Castelo. O tapete foi feito de areia e pedras coloridas, serragem fina e grossa, glitter, palha, sais de banho e borra café. Com 26 metros de comprimento por 1.60 de largura, e começou a ser montado, ainda na noite de quarta-feira (19). Foram quatro horas de muita dedicação e devoção, até ficar tudo pronto. Cerca de 60  fiéis de forma voluntária se empenharam na confecção.  

Fernando Fava, animador da Pastoral da Comunicação da Paróquia Senhor do Bonfim, há quatro anos já tinha o desejo de construir o tapete de Corpus Christi,  mas não sabia por onde começar. “Esse ano recebemos uma colaboradora, e juntos conseguimos encarar. O nome dela é Irmã Conceição. Motivamos a comunidade e conseguimos chegar ao objetivo do tapete”, conta ele.  Fernando também falou ao site bairromontecastelo.com sobre a emoção desse momento tão especial para Igreja Católica. “ Olhar o tapete depois de pronto é ver como a união faz a força. É ver como uma comunidade com diversidades de dons, pela unidade, consegue realizar uma atividade em busca de um objetivo comum, a partir do conjunto das qualidades do grupo. É conseguir externar todo amor, todo respeito, todo louvor por um Deus que nos amou até o fim, ao ponto de morrer por esse amor infinito por cada um de nós. Enfim, é uma sensação de paz e amor mútuo de uma comunidade. Emocionante demais”, destaca. 

ENTENDA O SIGNIFICADO DO TAPETE DE CORPUS CHRISTI

A confecção de tapetes, não tem caráter de penitência ou pagamento de promessas. É uma manifestação popular de adoração a Cristo. A passagem pelo tapete tem um significado especial. O ostensório, que armazena o Corpo de Cristo na hóstia, é carregado pelo sacerdote pelas ruas, e os fiéis só podem pisar nesses desenhos após a passagem do padre. É uma evocação bíblica, que narra Jesus entrando em Jerusalém e o povo colocando ramos de oliveira para que ele passasse por cima. Mas, apesar de fazer memória à entrada de Cristo em Jerusalém, esta procissão não tem ligação com a procissão de ramos, que antecede a Paixão de Cristo. No dia da festa de Corpus Christi a Igreja celebra a instituição do Sacramento da Eucaristia, sendo este o único dia em que o Santíssimo Sacramento sai pelas ruas.


Serviço:

Dia de Corpus Christi na Paróquia Senhor do Bonfim

Adoração: 16h30

Procissão: 17h com missa logo em seguida

Fotos: Facebook - Ascom Senhor do Bonfim 

Voltar